22 de fev de 2010

PREVISÃO NÚMERO UM - O Noroeste vai afundar

"... as vezes sinto saudades do cheiro de frescor e de podridão, da mistura de sol e bosta, da feiúra nostálgica, da soberba descompostura." Émile Cioran

AGORA SIM, agora que Cioran está aqui refletido em minha BOLAS MÁGICA, vejo:

O Noroeste vai afundar numa sexta-feira 13 de um ano bissexto. O NOROESTE VAI FUNDO. Fundo mesmo.


Por motivos de ordem maior, me vejo impelida a dizer o que a mim foi passado. Devo repassar à meus inexoráveis consulentes alguns improváveis motivos ou estranhas situações que co-habitam a alma do negócio. Segundo A PROFECIA, quem PAGAR PRA VER deve se foder apertadinho no metro quadrado mais caro e improvável da história deste país.

Devo me fazer CLARA. Mais luz em minha carnuda boca, por favor, Cioran, meu belicoso e iluminado sentinela.

O noroeste não foi descrito no Plano Piloto. Osar Iemeyer, também místico e antenado "nas bola", além de ser o único arquiteto que teve seu órgão sexual exposto em via pública - em frente a Catedral (ver também Museu Nacional ou Monobol do Oscar) - por sua vez, já sabia que naquela região estava enterrada uma CABEÇA DE BODE. Assim sabendo, tratou de traçar seus fálicos monumentos em áreas de pouca afundabilidade. Afinal, ninguém quer ter as próprias bolas enterradas vivas, ainda que bolas simbólicas fossem. Nobody, amiguinhos. Falo porque também tenho FALO.

Em específico, Osar, o estruturalista, calculou onde o vento fazia a curva, na encosta dos urubus cerradistas, e manteve suas estruturas afastadas por precalção, ou medo. Ao consultar um pajé da região, fora avisado, entre outras palavras "O sr. não se meta com grande TUPÃ". Tudo que interfere as diretrizes do Plano Piloto deve sofrer consequências no Plano Astral, estava escrito.

Contudo, a catástrofe já se inicia. Burlaram o parque ecológico Burle Marx, que já vinha tendo suas configurações originais alteradas em função de um estacionamento para universitários. Para dar conta da demanda de carros (1 por estudante) o estacionamento de tal faculdade teria ocupado – ou seria burlado? – uma generosa encosta do parque. Vale lembrar que o território que antes era ocupado por traficantes, quiçá faziam bom uso da terra fértil. Espero que tenham tido a intenção de educar, caso contrário...

E por hoje basta! Vocês me cansam.

Daqui, diretamente das turbinas deste avião, digam aos CONTROLADORES que mandei avisar.


"Não que ela me desagrade inteiramente - você conhece o meu fraco pelo horrível, mas a cota de insensibilidade que exige para ser suportada é superior a meus recursos de cinismo", sussurou-me Cioran, antes de sair flutuando para longe de minha suntuosa BOLAS MÁGICA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário